sábado, 8 de outubro de 2011

Hospedagem Para o Carnaval 2012 - Olinda

Caro folião,
Bem vindo ao Olinda Social Club - Uma casa de carnaval

O carnaval de Olinda/Pe é considerado por muitos a MAIOR FESTA POPULAR DO PLANETA, onde quem faz a festa é o povo, sem blocos fechados e sem ingresso somente com sua fantasia e sua alegria.

Durante o período de MOMO, que vai do sábado até a quarta-feira de cinzas, OLINDA atrai foliões de todo mundo para brincar o carnaval com alegria e irreverencia.

O Homem da Meia Noite, a Mulher do Meio dia, Patusco, D’breck, vassourinhas, eu acho é pouco, o bloco do mangue, os maracatus de baque solto e virado, o mercado da ribeira, os quatro cantos, rua do Bonfim, ladeira da sé, sala de justiça, pau do indio, Alceu Valença, frevo, troças e blocos, uma porta, o beijo e você, com sua fantasia, é que dá o colorido especial a isso tudo, pois o Carnaval de Olinda que faz é o povo!

Para o Carnaval 2012 reservamos para você o que há de melhor em localização, em 2012 estamos na Rua do Bonfim, ponto estratégico, apoteose do carnaval pernambucano. Lugar de concentração dos blocos, troças e maracatus e tambem de passagem quase obrigatória dos blocos que circulam na Cidade Alta de Olinda.

Um dos atrativos da Rua do Bonfim são as árvores frondosas que abriga o folião do sol, e como a rua tem seu curso voltado para o mar, sempre corre uma brisa para abrandar o calor do verão nordestino. Veja abaixo nossas distâncias para outros pontos da folia:

Estamos a 350 metros da maior praça de taxi de Olinda, que fica na Praça do Carmo. (04 Minutos)

Para o Polo do Fortin, onde acontece os principais shows de Olinda, estamos a 650 metros. (08 minutos)

Também estamos localizados perto, 400 metros, da concentração do Bloco Sala de Justiça. (06 minutos)

Quem quer conferir a folia dos 4 Cantos andará em torno de 3 minutos ou 350 metros. (03 minutos)

Estamos também a 600 metos da saída do Bloco Eu Acho é Pouco. (07 minutos)

O grandes Blocos de Samba Patusco e D'break saem em frente a casa.

* Fonte Google Mapas.
A CASA:
03 quartos com ar condicionado;
02 Banheiros;
01 ampla sala que servirá de quarto também climatizada;
01 cozinha;

ÁREA DE CONFRATERNISAÇÃO:
01 amplo terraço coberto com janelas também amplas para rua;
01 banheiro;
01 chuveirão;
01 área externa aberta com visão para toda rua, em plano mais alto, e cercada para uso exclusivo dos foliões do Olinda Social Club.

O QUE OFERECEMOS
Hospedagem de sexta apartir do meio dia até a quarta feira de cinzas;
Cerveja liberada* (do sábado até terça);
Duas refeições diárias (café da manhã e jantar);
Segurança;
Arrumadeira;
Cozinheira;

VALOR DO PACOTE

R$ 750,00 dividir da seguinte forma:

Entrada de R$ 250,00 até o quinto dia útil de Outubro, mais 4 parcelas mensais de R$ 125,00 nos meses de novembro, dezembro, janeiro e fevereiro.

A CASA DEVE ESTAR QUITADA NO MÁXIMO ATÉ O QUINTO DIA ÚTIL DE FEVEREIRO DE 2012.

VISITE-NOS:
Blog:
http://olindasocialclub.blogspot.com/

Siga-nos:
www.twitter.com/OlindaSocClub

Página no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Olinda-Social-Club-Uma-Casa-de-Carnaval/241582879213451

CONTATOS:
Geruza - Belo Horizonte: (31) 8815.1549
ge.laig@gmail.com

Souza Neto (Xikoparaiba) - Pb: (83) 9629.8986
xikoparaiba@gmail.com
fco.souza.neto@hotmail.com

Será um prazer receber você para o MAIOR CARNAVAL DO MUNDO.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

ASSIM ERA CRUZ DAS ARMAS

Cruz das Armas, sem sombra de duvidas foi o bairro mais próspero de João Pessoa durante os anos 50, 60 até meados de 70, havia na época três classes sociais, na periferia podia-se ver muitas casas de palha onde residiam os menos abastados, fechando o circulo mais para o centro estava uma classe média, composta de funcionários públicos, mestres da construção civil e militares e no centro situava-se a classe dominante do bairro que eram os comerciantes, o importante era que as três classes conviviam em harmonia total. O clube internacional vivia seu apogeu, apesar de muitos associados, o jogo de cartas era sua maior fonte de renda, por falta da televisão, era ali que os comerciantes reuniam-se todas as noites, para um papo e um carteado, o comercio do bairro seguia a todo vapor, chegando a se rivalizar com o do centro, um comerciante, podia se dar ao luxo de perder o equivalente a duzentos Reais em uma noite e no dia seguinte ter este dinheiro em forma de lucro já pelo meio dia.

O carnaval era simplesmente o melhor da capital, os clubes de rua, e tribos indígenas as melhores estavam em Cruz das Armas, e todos possuíam sede própria, Cruz das Armas, possuía dois grandes setores de desfile de blocos carnavalescos, um na Avenida Cruz das Armas (rua da frente) sob o comando do Sr. Cabral Batista, e outro na Rua São Luiz, tendo como organizador o Sargento Andrade, eram três dias de pura alegria, enquanto o Internacional varava as noites ao som de grandes orquestras fazendo com que seus bailes carnavalescos estivessem entre os melhores da cidade. Os comerciantes possuíam uma troça carnavalesca chamada “Os Garapeiros” tinha esse nome, porque nos três dias de carnaval visitavam as casas dos amigos, comendo e bebendo sem pagar, o sucesso dessa troça faria nascer no futuro outras que também fizeram historia no bairro, como a Troça Juventude, Computadores e Carcará.

O futebol era a paixão entre os jovens, os clubes surgiam de conversas e reuniões na casa dos amigos, com destaque para a Portuguesa, por ela passaram grandes craques do futebol paraibano, campeã muitos anos nas categorias infantil, juvenil e amador, e é desses clubes que surge a TURMA DE CRUZ DA ARMAS, que costumava se reunir a noite na porta da farmácia Frei Norberto, num papo que varava as madrugadas.

A turma costumava uma vez por mês, ir passar um final de semana em jacumã, nessa época ônibus era coisa rara para aquela localidade, e a noite nem pensar, era então que todos juntos partiam a pé de Cruz das Armas, carregando os comes e bebes em um saco. Lá estava ele a espera da turma, Sr. Sebastião (Seu Sebá) de saudosa memória, o velho marinheiro possuía ali duas boas cabanas a beira mar onde abrigava todo pessoal, e de onde podia contemplar e ter ao seu comando todo aquele maravilhoso mar, sem saber que no meio daquela rapaziada, que no futuro seriam médicos, engenheiros, técnicos, administradores de empresas, e funcionários públicos, estava também um que um dia seria como ele não só comandante daquele mar, mas também de todo município, e que este seria mais precisamente seu filho. E é essa maravilhosa turma que uma vez por mês deixam seus afazeres, para reunirem-se como faziam na porta da farmácia, que Deus dê a todos muitos anos de vida para continuarem com essa salutar amizade, que em 2011, completa cinqüenta anos.


Francisco Bila.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

TOTA UM CRAQUE NA INTIMIDADE

TOTA UM CRAQUE NA INTIMIDADE

NOME - ANTONIO MUNIZ DE SOUZA.
IDADE – 18 ANOS e 480 MESES.
POSIÇÃO EM QUE ATUA? – CENTRO AVANTE.
CLUBES QUE ATUOU? – SESI, SANATORIO DE SEU DÊIA, BANGU DE CLEANTO e FLUMINENSE DE MAZINHO.
QUAL SUA MELHOR FASE? - QUANDO JOGUEI NO SANATORIO, AO LADO DE JOGADORES DE RENOME COMO: VERA, FANFO, XIMBÉ, TUMBA e MÉ CUM AGUA.
PRATO PREFERIDO? – BIFE COM ARROZ E FEIJÃO.
ESTADO CIVIL? – AMIGADO COM UMA MORENA LÁ NO PORTO DE JOÃO TOTA EM MANDACARU.
CLUBE ATUAL? – SUB100.
QUANDO PENSA EM PARAR? – NEM TÃO CEDO! ESTOU MUITO NOVO, PRETENDO FAZER UM BOM CONTRATO OU TIRAR NO BICHO PRA AJUDAR MINHA FAMILIA.
A FAMILIA NÃO ESTÁ BEM NÃO? – PRECISO COMPRAR UMA CARROÇA DE BURRO PRA MEU IRMÃO BILA,(TÁ LASCADO, ABRINDO E FECHANDO O BICO FEITO FIO DE SABIÁ) O DR. PASSOU 2 GARRAFA DE CANA POR DIA PRO OUTRO IRMÃO TÉ, E TÁ DIFICIL DE COMPRAR O REMEDIO.
SEU CONTRATO COM O SUB100 É BOM? – É! MAS PRECISA MELHORAR, GANHO R$ 20,00, POR JOGO, NÃO POSSO RECLAMAR PORQUE UM GOLEIRO GANHA R$ 15,00, QUEM LEVA TUDO É O PRESIDENTE POR DEBAIXO DOS PANOS, ISTO É, AFANANDO.
POSSUI COMPUTADOR? – SÓ O MEIO DA PALAVRA, LÁ EM MANDACARU.
POSSUI CARRO? - TENHO UM FUSCA 69, QUE RECEBI QUANDO JOGUEI NO BANGÚ DE CLEANTO.
E NO SUB100 PRETENDE TROCAR DE CARRO? - VOU VER SE APANHO UM CHEVETE 71, QUE GUILHERME TÁ ARRANJANDO.
ALGUMA MAGOA? - ANDO MEIO CHATEADO COM ESSE TREINADOR RAIMUNDO, ELE ANDA ME TIRANDO DO JOGO, NÃO ME CHAMOU PRA IR A RIO TINTO, TOU PRA FAZER UMA ENTREGA DELE A DIRETORIA.
ELE TEM ALGO A ESCONDER? - ELE E DJAIR, LEVAM JOGADORES PRA TOMAR CACHAÇA COM ARATÚ LÁ NO BAIXO ROGER, PERTO DO FORNO DO LIXO.
PRA FINALIZAR O QUE GOSTARIA DE DIZER? - QUERO AGRADECER A TORCIDA, PELO CARINHO QUE SEMPRE ME TRATOU, E DIZER A ESSE TAL DE IVALDO QUE BAIXE A BOLA, QUE ELE TÁ MUITO QUEIXUDO.

ANÔNIMO V.

terça-feira, 9 de março de 2010

Olinda comemora 475 anos de história

O dia 12 de março é data de festa em Olinda. É dia de comemorar o aniversário de 475 anos da cidade e a prefeitura preparou uma programação especial para marcar o momento. Além de desfile de blocos, shows, repique de sinos e corte do bolo, o roteiro conta com a entrega de um grande presente oferecido pelas Tintas Coral aos olindenses: o Projeto Tudo de Cor pra Você, que está dando aos casarões da Rua de São Bento um novo colorido.

A comemoração começa às 6h, com o repique dos sinos das igrejas do Sítio Histórico. Na parte da tarde, às 15h30, uma comitiva da Coral e autoridades do governo municipal seguem em cortejo pela Rua 15 de novembro, acompanhados  por uma orquestra de frevo e bonecos gigantes. O grupo irá até a Rua de São Bento, onde fará a pintura simbólica de um dos casarões. A solenidade contará com a presença dos moradores e de artistas da cidade como Alceu Valença.

No final da tarde, às 18h, o Prefeito Renildo Calheiros e o Presidente da Coral iniciam solenidade oficial em frente ao Palácio dos Governadores em comemoração ao aniversário de Olinda, que será seguida pelos parabéns e o corte do bolo recheado com goiabada e cobertura de glacê. A iguaria pesará 475 e será oferecido pela Padaria Esmeralda e a Predileto Alimentos.

A partir das 19h, o público presente poderá prestigiar os shows de Spock Frevo Orquestra, Alceu Valença, D´Breck e Patusco. Além disso, várias agremiações da cidade iniciam cortejo pelo Sítio Histórico. Participam do desfile do Elefante, Pitombeira, Vassourinhas, Encontro de Ursos, O Bagaço é Meu, Maracatu Leão Formoso, Flor da Lira e Marim dos Caetés, entre agremiações. O cortejo passará pelas ruas Prudente de Moraes, 4 Cantos, Amparo, Bernardo Vieira de Melo, São Bento, 27 de Janeiro e seguirá até o Palácio dos Governadores.

Cores novas – Em parceria com a Prefeitura de Olinda, a Coral traz para o município o projeto Tudo de Cor para Você, que promove a revitalização da pintura dos casarões da Rua de São Bento, tradicional recanto de ateliês e cultura pernambucana. O resultado da iniciativa poderá ser visto durante a comemoração do aniversário da Marim dos Caetés, no dia 12 de março.

Ao todo, serão revitalizados 45 imóveis localizados, incluindo o Fórum, Palácio dos Governadores, Arquivo Público Municipal e Mosteiro de São Bento, somando 9.371 metros quadrados de fachadas revitalizadas. São casarões coloniais portugueses que, atualmente, são utilizados de formas diversas, entre residências, pousadas, ateliês, comércio entre outras. Para tanto, a revitalização inclui além do consumo de 3.232 litros de tinta, todo o processo de limpeza, conserto de rachaduras e outros ajustes necessários.

A escolha das cores utilizadas na revitalização aconteceu através de um estudo orientado por registros históricos, baseadas em referências dos técnicos de preservação de patrimônio da Prefeitura de Olinda e do IPHAN com o objetivo de resgatar, preservar a memória e a beleza do local. Dentre as cores selecionadas, destaque para o uso dos Amarelos Estrela Cadente e Milho Indiano, os tons de Verde Calypso e Colina, e o tom de rosa Atmosfera Romântica.

PROGRAMAÇÃO:

06h – Repique dos sinos
15h – Chegada da comitiva da Coral com autoridades subindo pela Rua 15 de Novembro com um cortejo de orquestra de frevo com bonecos gigantes para fazer a pintura simbólica.
17h30 – Ida do cortejo formado pela comitiva da Coral e demais autoridades vindo da Licoteria para o Palácio dos Governadores para o início das festividades.
18h – Solenidade oficial
18h30 – Parabéns e o corte do bolo
19h – Início dos shows

Atrações:

Spock Frevo Orquestra
Alceu Valença
D’Breck
Patusco

Cortejos:

Pitombeira (saída da 27 de janeiro)
Elefante (saída do Amparo)
Vassourinhas (saída do Largo do Amparo)
Flor da Lira (saída do Largo do Amparo)
Marim dos Caetés (saída do Amparo)
O Bagaço é Meu (saída da Estrada de Bonsucesso)
Maracatu Leão Formoso (saída do Amparo)
Encontro de Ursos (saída da Prudente de Moraes)

Os cortejos seguirão até o Palácio dos Governadores, passando pelas ruas Prudente de Moraes, 4 Cantos, Amparo, Bernardo Vieira de Melo, São Bento e 27 de Janeiro.

Fonte: Prefeitura de Olinda

sexta-feira, 5 de março de 2010

Rock´n Rose

 
Rock´n Rose

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, três bandas femininas da Paraíba irão se apresentar tocando rock em alto e bom som, um estilo que desde o início teve o homem como protagonista.

O Projeto é uma forma de mostrar a força da mulher e os espaços inusitados que a cada dia vem conquistando, principalmente a mulher paraibana. As bandas tocarão “covers” de grupos nacionais e internacionais e músicas próprias, compostas com a sensibilidade de uma rosa e a energia desse ritmo que agrada igualmente a homens e mulheres.

O Rock´n Rose valoriza, acima de tudo, a produção musical do nosso Estado e sua versão número dois será realizado dia 13 de Março de 2010, às 21 horas, no Espaço Mundo.

....*....

SOBRE AS BANDAS

Bárbara

A banda Bárbara - adjetivo feminino - surgiu da junção de 4 mulheres destinadas a tocar Rock’n Roll, formada em junho de 2007. Com um estilo próprio e músicas embaladas de melodias simples e letras divertidas, provocativas, românticas e sociais, a banda vêm como uma proposta de expandir a cena do rock feminino.

Influências:

Luxúria, White Stripes, Cachorro Grande, Jovem Guarda, Cindy Lauper, Yeah Yeah Yeahs, Hole, Strokes.
Integrantes:

Carol Jordão - vocal
Débora Gil - guitarra (backing vocal)
Mynne da Rosa - baixo (backing vocal)
Luana Lucena - bateria (backing vocal)
....*....

Andada

A Andada começou em setembro de 2009 com integrantes que já haviam tocado juntos em outro projeto: Filipe Maia (baixista), Kléber Nascimento (baterista) e Jeanne Marques (guitarrista). Foram 2 meses intensos, de muito trabalho, composição, produção de arranjos e ensaios.
No fim de novembro/09, com a base formada, foram em busca da vocalista. Encontraram Daniela Alejandra, que transformou o trio num quarteto completo, marcado por uma voz doce mesclada à energia do rock’n roll.
O som que a banda faz é um soft rock. Riffs melódicos de guitarra, batidas energéticas na bateria e um baixo criativo. Já lançou o primeiro single e em breve lançará o primeiro EP.

Influências:

The Doors, The Cure, The Cardigans, Smashing Pumpkins, Garbage, Franz Ferdinand, Coldplay, Los Hermanos, Pato Fu, Lily Allen.

Integrantes:

Daniela Alejandra – vocal

Filipe Maia – baixo

Jeanne Marques – guitarra

Kleber Nascimento- bateria
....*....

Violet

A Violet surgiu em João Pessoa, no início de 2009, com sua formação atual. No segundo semestre de 2009 a banda entrou em estúdio, e no início deste ano lançou seu primeiro EP, homônimo, com 5 faixas autorais que bebem livremente em estilos como blues, jazz, rock, alternativo e experimental. As letras, em inglês e português, versam sobre a luxúria, ira e o demônio residente em cada um. Sangue nos olhos em veludo vermelho. Mesmo com o repertório em formação, a Violet já fez seu primeiro show. Em Recife, no Espaço N.A.V.3, em 31 de Janeiro deste ano. O show foi muito elogiado pelos organizadores do evento, assim como pelos proprietários do espaço e público presente.

" (...) As músicas eram para manter a embriaguez, ouvir, dançar e morder. E foi isso que aconteceu no Bronx, não necessariamente nesta mesma ordem. Em sua primeira apresentação da cidade, a banda deixa boas impressões. O público (que já era grande) no Bronx adorou a nova surpresa. É uma banda com características bem particulares e pode dar muito o que falar. O vocal feminino e o clima intimista chamou atenção. As músicas alternam da calma a euforia." - Grito Rock CG 2010 - Natora Coletivo

Influencias:

Blues, The Mars Volta, café, Portishead, Jazz, Muse, whisky, Jimmy Hendrix, cigarro, Fiona Apple, The Cardigans, Placebo.

Integrantes:

Antônio – baixo e vocal
Daniel – guitarra e vocal
Danilo – bateria
Leonardo – guitarra
Raquel – vocal

Frevo, Maracatu & Pizza

Um blog sobre Frevo Maracatú & Pizza... alem de boas conversas!